Dicas para iniciar uma criação de ovinos

A princípio, o produtor deve buscar informação antes de iniciar sua criação, visitando propriedades próximas da sua região e participando de cursos oferecidos pelos órgãos competentes do setor

Sem sombra de dúvidas, um dos questionamentos mais feitos por pessoas que procuram a ABCDorper é “como iniciar uma criação de ovinos?”. Contudo, o que é possível falar é que na ovinocultura não existe um modelo de produção único. Afinal, o sucesso está associado ao manejo correto – adequado às condições de produção da propriedade – e ao conhecimento sobre o mercado no qual o criador pretende estar inserido.

Mesmo assim, é possível dar algumas dicas para àqueles que desejam embarcar neste universo de ruminantes. Em primeiro lugar, eles devem se perguntar “qual será o objetivo da criação?”. Entre as respostas viáveis estão: produzir cordeiros para o abate, animais de elite (que participarão de exposições) ou ambos. Acima de tudo, é muito importante que todo aspirante a ovinocultor tenha em mente quais metas deseja alcançar. Dessa maneira, será mais fácil tomar decisões sensatas. 

Antes de tudo, é importante buscar informação. Sendo assim, uma boa pedida é visitar algumas propriedades na região onde a pessoa pretende se instalar, para, assim, conhecer a dinâmica do negócio. Ao acompanhar in loco, o aspirantes a ovinocultor poderá presumir quais serão suas competências e dificuldades. 

Outra sugestão é participar de cursos sobre a criação de ovinos, como os oferecidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) através dos Sindicatos Rurais, instituições governamentais (Embrapa, Instituto de Zootecnia e Emater, entre outros), universidades e associações de criadores. São fontes ótimas de conhecimento, além de possibilitarem a troca de experiências com criadores veteranos. 

Aptidões da propriedade

Na sequência, definido o objetivo de criação, passamos para a próxima dica: que é verificar as aptidões da propriedade ou da região. A ovinocultura é uma atividade cosmopolita, ou seja, pode ser desenvolvida em diferentes condições de clima e

oferta de alimento. Uma das poucas exigências da produção é que os ovinos não toleram solos úmidos, por esses incorrerem problemas de casco.

Muitos aspirantes ou até mesmo ovinocultores experientes acreditam que é preciso realizar grandes modificações em uma propriedade rural para desenvolver a atividade. Quando, na verdade, com poucos ajustes é possível adequá-la ao manejo dos pequenos ruminantes.

Para se ter uma ideia, o tipo de pastagem para ovinos é sempre a mesma: o capim que já existe na propriedade. Claro que algumas peculiaridades devem ser consideradas, entre elas, a altura do capim (os de porte mais alto não são os mais adequados, porque nem sempre suportam um pastejo mais baixo) e a exigência de fertilidade do solo (gramíneas

como o coast cross e aruana necessitam de solos de média/alta fertilidade para se desenvolver).

Reformar a pastagem ou trocar o cultivo de capim é um processo caro e demorado, portanto, é economicamente mais interessante fazer a manutenção daquele já existente. Em relação às braquiárias, realmente algumas não são interessantes aos ovinos, mas com o manejo adequado não ocasionarão problemas.

Integração com outros animais e falta de mão de obra

Outra característica que pode tornar o negócio mais atrativo é a possibilidade de integração com outras espécies animais. O consórcio com bovinos, sejam eles de aptidão para carne ou leite, é o mais comum.

Por fim, um entrave para muitos ovinocultores é a falta de mão de obra. Se a propriedade não dispor de um funcionário dedicado, que goste de trabalhar com a espécie, dificilmente terá bons resultados. Este é um dos pontos que merecem maior atenção. Ferramentas motivacionais e capacitação são os caminhos para que o funcionário desempenhe plenamente suas tarefas diárias.

Enfim, para quem deseja iniciar uma criação de ovinos ou de qualquer outra espécie animal, a principal orientação é: estude e planeje de que forma conduzir a atividade com

apoio de um profissional, seja um zootecnista ou veterinário, mesmo antes de adquirir os animais.

Comentários

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
X